LALALLI

“A minha criação artística está a serviço do desenvolvimento de consciência. E a minha forma de ser ativista é através da arte.”

O uso de símbolos geométricos para expressar a ideia de uma ordem no mundo, em conexão com as primeiras civilizações, é a base das esculturas, experiências imersivas e criações digitais de Lalalli Senna. A artista multiplataforma propõe em suas obras experiências aos múltiplos sentidos, resultado de uma bagagem de estudos de diversas práticas e abordagens estéticas, tanto nas artes visuais quanto na música.

Lalalli vê nas formas geométricas uma ponte para o inconsciente. “Qualquer coisa que respeite esses princípios matemáticos acaba sendo harmônica. Quando nos ligamos ao nosso centro mais profundo e o conectamos a esse Todo maior, entramos em harmonia com o cosmos”, analisa Lallali, que desenvolveu o hábito de anotar sonhos, matéria-prima de uma dimensão “onde as coisas ainda não são palavras”, conforme ela define. Como legítima artista da Renascença digital, Lalalli parte dessas matérias-primas usando linguagens diversificadas, o que cria esculturas, experiências imersivas que dialogam com o espaço arquitetônico e até obras orquestrais (como a suíte “A Criação do Dia”, de 2015).

“No fundo, minha arte é uma manifestação dessa vontade de mudar o mundo. Ela é uma forma de gerar consciência”

“Na minha maneira de ver, a arte é a materialização de energias que precisam se manifestar de alguma forma”, define Lalalli, autora de “Nosso Senna”, busto do tio Ayrton Senna apresentado em duas versões. Uma foi presenteada ao Papa Francisco e está no acervo do Vaticano. Outra, em tamanho monumental esculpida em alumínio espelhado facetado, lembra o tricampeão mundial da Fórmula 1 no Autódromo de Interlagos e o que seu heroísmo recebe e projeta em seus fãs e numa nação.

Sem dúvida alguma, a obra de Lalalli carrega também os princípios amadurecidos em seus anos de liderança em ações de impacto social — através do Instituto Ayrton Senna — e na mentoria de grupos que reúnem as novas gerações de famílias empresárias. “No fundo, minha arte é uma manifestação dessa vontade de mudar o mundo. Ela é uma forma de gerar consciência”, resume a artista, que também é diretora criativa na Senna Brands.

Open chat
Hello 👋
Can we help you?